Grupo Elisete Inojoza











Quadro Cronológico: Período e suas respectivas instituições escolares.

Período Jesuítico 1500-1759
Ano
História da Educação Brasileira
1549
Chega ao Brasil o primeiro grupo de seis padres jesuítas, chefiados por Manuel de Nóbrega. Quinze dias após a chegada fundam na cidade de Salvador a primeira escola elementar.
1554
São fundadas as escolas jesuítas da Bahia e a de São Paulo de Piratininga, tendo como seu primeiro professor o padre José de Anchieta.
1556
É fundado o colégio jesuíta de Todos os Santos
1567
Fundado o colégio jesuíta do Rio de Janeiro
1568
Fundado o colégio jesuíta de Olinda
1575
No colégio da Bahia já se colava grau de Bacharel em Artes
1584
No colégio da Bahia formam-se licenciados
1622
É fundado o colégio jesuíta do Maranhão
1631
É fundado o colégio jesuíta de Santo Inácio, em São Paulo.
1652
É fundado o colégio jesuíta de São Miguel, em Santos, o de Santo Alexandre, no Pará e o de Nossa Senhora da Luz, em São Luiz do Maranhão.
1654
É fundado o colégio jesuíta de São Tiago, no Espírito Santo.
1678
É fundado o colégio jesuíta de Nossa Senhora do Ó, em Recife.
1683
É fundado o colégio jesuíta da Paraíba.
1699
É fundada na Bahia a Escola de Artes e Edificações Militares.
1738
É fundada no Rio de Janeiro a Escola de Artilharia


Período Pombalino
 (1760 – 1808)

Ano
História da Educação Brasileira
1770
A Reforma Pombalina de Educação substitui o sistema jesuítico
1772
É fundada, no Rio de Janeiro, a Academia Científica.
1776
É criado no RJ, por padres Franciscanos, curso de estudos literários e teológicos, destinado à formação de sacerdotes.
1802
D. Azevedo Coutinho funda em Pernambuco o Recolhimento de Nossa Senhora da Glória, só para meninas da nascente nobreza e fidalguia brasileira.







Período Joanino (1808- 1821)

Ano
História da Educação Brasileira
1808
É fundada a escola de educação, onde se ensinavam as línguas portuguesa e francesa, Retórica, Aritmética, Desenho e Pintura. É criada a Academia de Marinha, no Rio de Janeiro e na Bahia.
1812
É criada a escola de serralheiros. É criado o laboratório de química no Rio de Janeiro.
1816
É criada a Escola Real de Ciências, Artes e Ofícios.


Período Imperial (1889-1929)

Ano
História da Educação Brasileira
1832
Convertem-se em Faculdade de Medicina, as Academias Médico-Cirúrgicas do Rio de Janeiro e da Bahia.
1835
 É criada uma escola normal em Niterói. A primeira do Brasil.
1836
É criada uma escola normal na Bahia.
1838
 O Colégio Pedro II é fundado no Rio de Janeiro.
1839
 É criada uma escola normal no Pará.
1845
É criada uma escola normal no Ceará.
1846
É criada uma escola normal em São Paulo.
1854
É criada uma escola normal na Paraíba.
1870
É criada a primeira escola confessional protestante, a Escola Americana, escola primária de cunho presbiteriano.
 É criada uma escola normal no Rio Grande do Sul.
1874
 É criada a Escola Politécnica.
1880
Surge a primeira escola normal da Capital do Império, mantida e administrada pelos Poderes Públicos.
1881
É criado o Colégio Piracicabano, confessional protestante de cunho metodista.
1884
É criada a Escola Neutralidade, escola primária de cunho positivista.
1888
É criado o Instituto Pasteur, no Rio de Janeiro.









Período da Primeira República (1889- 1929)
Ano
História da Educação Brasileira
1893
É criado em São Paulo, o Instituto Adolfo Lutz e a Escola Politécnica.
1895
É criada a Escola de Engenharia do Mackenzie College, em São Paulo.
1902
São criadas, em São Paulo, as Escolas de Comércio Álvares Penteado e do Mackenzie College.
Período da Segunda República (1930-1936)
Ano
História da Educação Brasileira
1935
O Secretário de Educação do Distrito Federal, Anísio Teixeira, cria a Universidade do Distrito Federal, com uma Faculdade de Educação na qual se situava o Instituto de Educação.
                Período do Estado Novo (1937-1945)

Ano
História da Educação Brasileira

1938
É criado o Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos - INEP.


1945
É criado o Instituto Rio Branco com o objetivo de recrutar e educar pessoal para a carreira diplomática.





Período do Estado Novo (1937-1945)

Ano
História da Educação Brasileira

1951
É fundada a Universidade Católica de Pernambuco.


1952
É fundada a Universidade Mackenzie, em São Paulo.


1954
É fundada a Universidade Federal do Ceará.


1955
São fundadas a Pontifícia Universidade Católica de Campinas e a Universidade Federal da Paraíba.


1957
Fundada a Universidade Federal do Pará..


1958
É fundada a Universidade Federal do Rio Grande do Norte..


1960
 É fundada a Pontifícia Universidade Católica de Pelotas, a Universidade Federal Fluminense e as Universidades Federais de Goiás, Juiz de Fora, Santa Catarina e Santa Maria


1961
 É criada a Universidade de Brasília, a Universidade Federal de Alagoas e a do Espírito Santo e a Universidade Católica de Petrópolis e a de Salvador.


1962
É fundada a Universidade Estadual de Campinas e a Universidade Norte de Ensino Superior de Montes Claros, Minas Gerais..


Referências
HTTP://www.histedbr.fae.unicamp.br/navegando/periodo_primeira_republica_instituicoes.html
“A Origem da educação escolar no Brasil:A ação dos jesuítas como parte do movimento da contrarreforma católica”

A Idade Média foi marcada pela influência da igreja católica, até mesmo sobre grandes monarquias. Entendendo que a igreja católica era abusiva, foi criado o movimento protestante, impulsionando reformas de destaque no século XVI, a Reforma Protestante e Contra Reforma.
  Com a perda de fiéis, de poder e terras, foi traçado um plano de reação contra os protestantes, catequizar por intermédio dos jesuítas, que eram padres da Igreja Católica que faziam parte da Companhia de Jesus.  Os primeiros jesuítas chegaram no Brasil em março de 1549, e construíram escolas, se dedicaram a pregação da fé católica e ao trabalho educativo, cursos de Letras e Filosofia, Teologia e Ciências Sagradas. Com os índio foi trabalhado o processo de catequização e ensino do trabalho agrícola, que garantiam aos jesuítas uma de suas fontes de renda.
  Os jesuítas permaneceram como mentores da educação brasileira durante duzentos e dez anos.


Universidade Anhanguera

História da Educação e Pedagogia

MEMÓRIA DA EDUCAÇÃO ESCOLAR NO BRASIL CONTEMPORÂNEO.

Edineia Firmino Ra: 2505000374
Elisete Inojoza Ra: 1157367568
 Liliane Correa da Silva RA: 2547457672
 Maria Lúcia Alves Ferraz RA: 2505000376
Marília de Oliveira RA: 3505508658
 Negess Silva RA: 1129324180




             

A Importância da História da Educação

   Todo processo de surgimento da educação, desde a educação primitiva passando por todas as fases da história da educação. Assimilando a herança cultural dos antepassados estabelecendo projetos e mudanças. Começando pela educação primitiva, onde nas comunidades tribais as crianças aprendiam imitando gestos de adultos nas atividades diárias como pesca, a caça, agricultura até a preparação para guerra. Passando pela Educação Oriental onde a escola foi estabelecida, onde se aprendiam a ler escrever e contar, através do estudo de toda história, que se trata da história não somente da cultura, mas a história em geral. 
   Com todo estudo e pesquisas foi possível trazer melhorias na área da educação atual. Respeitando culturas e tradições, foi possível mudanças significativa sempre visando a melhor forma de educar. A importância da história da Educação se apresenta, não apenas, em todo conhecimento histórico adquirido, mas também nas grandes mudanças e descobertas de formas de aprender e ensinar.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário